segunda-feira, 9 de abril de 2018

4 090 - O ano 10 do blogue Cavaleiros do Norte | Quitexe!

CAVALEIROS DO NORTE | QUITEXE, um blogue que abriu portas a 9 de
 Abril de 2009, há 9 anos, e que há 9 anos edita, para o futuro, a jornada
africana do BCAV. 8423 por terras do Uíge angolano!
... inicia hoje o 10º. ano de edição
 contínua, registando, diariamente,
 em 4 090 postagens, a história
 e a memória do BCAV. 8423, por
terras africanas do Uíge Angolano!

O blogue «Cavaleiros do
Norte | Quitexe» concluiu
ontem 9 anos de publicação e....
O blogue «Cavaleiros do Norte | Qui-
texe» começou a ser editado a 9 de Abril de 2009, para aproximar os jo-
vens que, em 1974 e 1975, assumi-
ram, com orgulho e garbosos, cora-
josamente, a sua jornada africana do Uíge Angolano, por terras de Qui-
texe, Zalala, Aldeia Viçosa e Santa Isabel, Vista Alegre e Ponte do Dange, Songo e Carmona.
Entra hoje no 10º. ano de publicação contínua, diária, fazendo memória dos então jovens que, sem hesitações e corajosos, formaram e honraram o Bata-
lhão de Cavalaria 8423, desde o Campo Militar de Santa Margarida, no RC4. 
Aqui, a 4 de Janeiro de 1974, ocorreu «o encontro da maioria do pessoal - ofi-
ciais, sargentos e praças», se bem que em «apresentação informal, tendo os contactos formais começado a 8 de Janeiro», até 8, 9, 10 e 11 de Setembro de 1975 - dias em que, respectivamente, a Portugal, ao calor e factos das suas famílias e ao chão das suas terras, chegaram os combatentes da CCS, da 1ª. CCAV., da ª. CCAV. e da 3ª. CCAV. 8423.
O blogue, no que melhor soube e foi capaz, aqui trouxe histórias e memórias dos momentos de glória, ou de quase tragédia, de dor e sofrimento, mas tam-
bém de muitas alegrias e bons momentos, da já distante jornada militar ango-
lana em que, cada qual no seu melhor, servimos a Bandeira de Portugal.
O primeiro post do blogue
Cavaleiros do Norte

O primeiro post, a
9 de Abril de 2009!

O primeiro post do blog foi editado a 9 de Abril de 2009, Quinta-Feira Santa, intitulado «O furriel miliciano em Angola». Hoje, o recordamos:
«A minha adolescência e juventude foram fermentadas
Capitães José Cruz e José
Paulo Fernandes e alferes
 João Machado
pelo estigma da guerra. Era certo, fossemos nós minimamente saudáveis, que não escaparíamos à guerra do ultramar. Na Guiné, em Angola, Moçambique. E havia, ainda, Cabo Verde e Timor!
Isso aconteceu com milhares e milhares de portugueses que, sem perguntar porquê, vestiram camuflados e, de arma na mão e vencendo medos, galgaram fronteiras continentais para, de Lisboa a Timor, assumirem o chão
Alferes Carvalho e furriéis
Brejo, Guedes e Matos, da
da CCAV. 8423
que a Pátria definia. A mim. calhou-me Angola. No Quitexe e em Carmona (Uíge), depois ainda Luanda, integrando a CCS do Batalhão de Cavalaria 8423!
Sou o jovem furriel miliciano da foto! Os 21 anos! De Operações Especiais, os Rangers! Não nos faltaram motivações!».
O blogue, ao longo destes 9 anos agora concluídos, contou colaboração de companheiros da jornada africana pelas terras do Uíge angola. Correndo o risco de esquecer algum, lembramos os capitães Davide Castro Dias (1ª. CCAV.) e José Paulo Fernandes (3ª. CCAV.), o tenente Acácio Luz e os alferes milicianos José Alberto Almeida, Jaime Ri-
beiro e António Albano Cruz (da CCS),  João Machado, Domingos Carvalho e Jorge Capela (da 2ª. CCAV.) e Carlos Silva e Mário Simões (da 3ª. CAV.), os fur-
riéis Francisco Neto, José Pires, José Monteiro e Manuel Machado (CCS), Amé-
rico Rodrigues, Manuel Pinto, João Dias e Plácido Queirós (1ª. CCAV.), Carlos Letras, António Guedes, Rafael Ramalho e Mário Matos (2ª. CCAV.), Agostinho Belo, José Carvalho, António Flora e João Cardoso (3ª. CCAV.).
Francisco Madaleno e João
Marcos, do PELREC (CCS) 
E muitos «praças», 1ºs. cabos e soldados: 
- Da CCS, a do Quitexe: 1ºs. cabos João Monteiro, Alfredo Coelho (Buraquinho), Miguel Teixeira, Rudolfo Tomaz, Luís Oliveira, Ezequiel Silvestre, José Frangãos (Cuba), soldados António Cabrita, António Amaral, Francisco Ma-
daleno, Raúl Caixarias, João Marcos, Francisco António, Humberto Zambujo, Henrique Esgueira e Vicente Alves.
- Da 1ª. CCAV. 8423, a de Zalala: 1º. cabos Carlos Ferreira 
Alferes Jorge Capela, furriel
Ramalho e 1º. cabo José Bea-
to, da 2ª. CCAV. 8423
e António Augusto Silva, soldados Alberto Pimenta, José Borges Martins e Idalmiro Vargas.
- Da 2ª. CCAV. 8423, a de Aldeia Viçosa: 1ºs. cabos José Maria Beato e António Ferreira e soldado Aniano Tomaz.
- Da 3ª. CCAV. 8423, a da Fazenda de Santa Isabel: 1º. cabo Manuel Ramos Deus e Floro Gomes Teixeira, soldados Vi-
tor Manuel Faustino e Ângelo Simões Teixeira.
Furriéis Fernando Pires e
Luís Costa (Morteiros)
A memória pessoal pode ter deixado «escapar» um ou outro e disso nos penitenciamos.

Outros colaboradores
do Cavaleiros do Norte

O blog «Cavaleiros do Norte» teve colaboradores exte-
riores ao BCAV.  8423, nomeadamente Luís Costa, Fer-
Os 1ºs. cabos Pagaimo (à
 esquerda) e Delmar Aves
à direita), do Pelotão de
Morteiros 4281, com o 1º.
cabo Laranjeira (PM)
nando Pires, José Oliveira, Casal da Fonseca, Nogueira da Costa, António Dias, Celestino Pagaimo, Delmar Mendes, António Dias, e Fernando Vieira.
- Luís Filipe dos Santos Costa, furriel miliciano do Pelotão de Morteiros 4281, subunidade do BCAV. 8423. Mora no Estoril.
- Fernando de Freitas Reimão Pires,  furriel miliciano do Pelotão de Morteiros 4281, subunidade do BCAV. 8423. Mora em S. Domingos de Rana (Cascais).
- José Marques de Oliveira, furriel miliciano vagomestre da CCÇ. 209/RI 21, da da Fazenda do Liberato e subunidade do
Nogueira da Costa, condutor
 (à esquerda) e furriel Olivei-
ra, do Liberato (à direita),
com o furriel Viegas (meio)
BCAV. 8423. É do Caramulo e mora em Águeda.
- António Casal da Fonseca foi 1º. cabo de transmissões
do BCAÇ. 3879, que também jornadeou pelo Quitexe - antes do BCAV. 8423. Reside em Marrazes (Leiria).
- José Luís Nogueira da Costa, soldado condutor da CCAÇ. 209/RI 21, aquartelada na Fazenda do Liberato e subunida-
de do BCAV. 8423. Mora em Almada e tem casa em Tomar.
- António Dias foi 1º. cabo condutor da CCAÇ. 4145, a do
A. Dias, 1º. cabo
da CCAÇ. 4145
Vista Alegre e Ponte do Dange e também subunidade dos Cavaleiros do Norte do BCAV. 8423, comandada pelo capitão Raúl Corte-Real. Mora na Amadora.
- Celestino de Jesus Pagaimo, 1º. cabo TRMS do Pelotão de Mor-
teiros 4281, aquartelado no Quitexe e adido ao BCAV. 8423, depois em Carmona e comandado pelo alferes miliciano João Leite. Foi GNR (das BT) e mora em Cantanhede.
- Delmar Mendes Alves, 1º. cabo enfermeiro do Pelotão de Mor-
teiros 4281, aquartelado no Quitexe, depois em Carmona, e adido ao BCAV. 8423, comandado pelo alferes miliciano João Leite. Tra-
Fernando Vieira
balha no Porto e mora em Espinho.
- Fernando Antunes Vieira, civil e funcionário público, contempo-
râneo dos Cavaleiros do Norte em Carmona (a actual cidade do Uíge). Trabalhou na Maternidade Alfredo a Costa, em Lisboa, e, já aposentado, mora na cidade da Amadora.
Obrigado a todos! E aos que, eventualmente, tenhamos esquecido! Todos são autores e alma viva e actuante deste projecto de memó-
ria e saudade da nossa jornada africana do Uíge angolano.

Sem comentários:

Enviar um comentário