domingo, 5 de março de 2017

3 691 - Espírito de grupo e mais apresentações no BCAV. 8423!

Grupo de Cavaleiros do Norte na parada do Quitexe: 1º. cabo José Gomes,
 NN e Soares (atrás), Zambujo, 1º cabo Salgueiro e José Costa (?), ao meio;
NN e NN, Moreira, 1ºs. cabos Alfredo Coelho (Buraquinho) e Luís Oliveira.
Este e Raposo apresentaram-se no BCAV. 8423 a 5 de Março de 1974

Cavaleiros do Norte em Luanda, nas vésperas do regresso 
a Portugal, em Setembro de 1975 e todos 1ºs. cabos: João
 Estrela,António Carlos F. Medeiros (que hoje faria 65 anos
 e faleceu a 10/04/2003, de doença, no Porto), Miguel Teixei-
ra, Damião Viana e Vasco Vieira (Vasquinho)  

O dia 5 de Março de 1974 foi tempo de apresentação de mais um alargado grupo de militares do Batalhão de Cavalaria 8423.
Os futuros Cavaleiros do Norte tinham como destino próximo o então denominado Estado de Angola, faltava saber a data do embarque, mas preparavam-se convenientemente e fortaleciam o espírito de grupo.
Os condutores Delfim Serra, Joaquim Celestino e José Go-
 mes com o furriel Morais (de óculos na cabeça), em Mor-
tágua (no encontro de 2015). Atrás, o 1º. cabo Malheiro
«No campo da mentalização, em todas as semanas de instrução, além das matérias naturais e normais, foi sempre distribuído, a todos os militares, um documento versando precisamente essa mentalização», sublinha o Livro da Unidade, na sua página 3, frisando também que era o comandante Almeida e Brito «o responsável pela sua elaboração e estando os mesmos orientados para o período de instrução em curso».
As praxes não faltavam, para quem chegava de novo (os maçaricos) - os especialistas que se juntavam aos atiradores de Cavalaria «saídos» da Escola de Recrutas e, por esse tempo de há 43 anos, já verdadeiros «veteranos de guerra», depois de uma instrução de 6 semanas - dividida pelo Destacamento do RC4 e pelas míticas Matas do Soares. Quem não se lembra desses tempos?!
A 5 de Março de 1974, uma terça-feira, chegaram mais «nomeados para servir no ultramar e no BCAV. 8423. Estes, companhia a companhia:
Vicente e Esgueira, condutores
da CCS do BCAV. 8423

CCS, companhia
do Quitexe

- Jorge Manuel Raposo Salgueiro, 1º. cabo de trans-missões (operador de mensagens), às 10,30 horas, transferido da Escola Prática de Transmissões (EPT), no Porto. É de Sacavém, concelho de Loures.
- Luís Alberto Fernandes de Oliveira, 1º. cabo de trans-
missões, transferido do Batalhão de Caçadores nº. 6 (BC6), 
em Castelo Branco. Natural e residente em Vila Real.
Américo Gaiteiro e
Miguel Ferreira
(em baixo)
- Américo Manuel da Costa Nunes Gaiteiro, soldado condutor, ido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), em Santa Margarida. Natural de Perafita, no concelho de Matosinhos. Mora, agora, em Rio Tinto, concelho de Gondomar.
- Miguel da Cruz Ferreira, soldado condutor e igualmente transferido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), no Campo Militar de Santa Margarida. Natural de Sande, freguesia da Lomba, em Gondomar.

- Joaquim Celestino Gomes da Silva, soldado condutor, ido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), em Santa Margarida. Natural do Freixieiro, em Perafita, concelho de Matosinhos.
- Delfim de Sousa Serra, soldado condutor, também ido do BE3. Da Rua das Mimosas, em S. Pedro da Cova, em Gondomar.
- Vicente José Alves, soldado condutor. ido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), em Santa Margarida. Natural de Cucados, freguesia e concelho de Vila de Rei.
1º. cabo Luís Oliveira

1ª. CCAV. 8423, a
de Zalala

- Luís Artur Vasques Matos, 1º. cabo escriturário, do 1º. Esqua-drão de Instrução do RC4 (no dia 4). De Arroios, Lisboa.
- Afonso Figueira da Silva, soldado atirador, ido do Regimento de Cavalaria nº. 3 (RC3), de Estremoz. Do Montijo. 

2ª. CCAV. 8423, a
de Aldeia Viçosa

- Alberto Joaquim de Oliveira Marques, 1º. cabo operador-cripto, às 2,30 horas, transferido do BRT. É de Mafamude, em Vila Nova de Gaia.
Floro Teixeira


3ª. CCAV. 8423, a

de Santa Isabel

- Floro Gomes Teixeira, 1º. cabo enfermeiro,  às 10 horas, transferido do Regimento de Serviços de Saúde (RSS), em Coimbra. Da Quinta das Laranjeiras, no Laranjeiro, em Almada.
- Duarte Francisco Ferreira Ramalho Gomes, às 22 horas e ido do  Regimento de Artilharia Anti-Aérea Fixa (RAAF), em Queluz (no dia 4). Do Casal da Portela, freguesia de Dois Portos, em Torres Vedras.
- Joaquim Fernandes Carvalho, soldado condutor. ido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), em Espinho. De Sobre a Igreja, em Amares.
- José da Costa Moura, soldado condutor. ido do Batalhão de Engenharia nº. 3 (BE3), em Espinho. De Mondim da Beira, Outeiro de Tarouca, em Tarouca.
1º. cabo António
Carlos Medeiros

1º. cabo Medeiros
faria 65 anos

O 1º. cabo António Carlos Fernandes Medeiros, operador-cripto da CCS do BCAV. 8423 faria hoje 65 anos.
Natural da freguesia do Bonfim, no Porto, lá regressou a 8 de Setembro de 1975, no final da jornada africana de Angola. Faleceu, vítima de doença, a 10 de Abril de 2003.
Hoje o recordamos com saudade. RIP!!!          
Eugénio Silva

Eugénio Silva,
uíjano, 61 anos!

O engº. Eugénio Silva, quadro superior da Sonangol, faz hoje 61 anos na sua Luanda da Angola da nossa saudade.
Há quase 42 anos, em 1975 na dramática primeira semana de Junho, em Carmona, quando MPLA e FNLA  trocaram o diálogo e a compreensão e tolerância pelas armas e regaram o chão da cidade com o sangue de muitos angolanos, o então jovem estudante Eugénio Silva foi um dos milhares de civis acolhidos na parada do BC12. 
É um amigo do blogue e daqui o saudamos pela data de festa, embrulhando o abraço no desejo de que se repita a data por muitos e bons anos, numa Angola em crescente desenvolvimento, progresso e paz!
                     

Sem comentários:

Enviar um comentário