segunda-feira, 20 de março de 2017

3 706 - Transmissões dos Cavaleiro do Norte em Licença de Normas

Cavaleiros do Norte da CCS, das Transmissões e outras especialidades: Florêncio, Esgueira (?), 1ºs. cabos
 Soares e Pais, Costa e NN (meio tapado), Wilson, furriel Rocha, 1º. cabo Felicíssimo (Zalala). alferes Her-
 mida, Zambujo, Graciete Hermida, Silva, NN, 1º. cabo Salgueiro, NN e NN (atrás), 1º. cabo Oliveira, Ca-
 brita e Soares. Em baixo, 1ºs. cabos Florindo e Tomás (à frente), furriel Cruz, 1º. cabo Gomes (à civil),  Al-
 fredo Coelho (Buraquinho), Madaleno, furriel Pires, 1º. cabo Hipólio, furriel Mosteias e 1º. cabo Vicente 

Os furriéis milicianos Neto, Viegas e Monteiro foram três
 dos Cavaleiros do Norte que tiveram instrução de minas e
 armadilhas dada pelo aspirante a Pinto Mesquita que, há
 43 anos, faleceu em Lamego, num acidente em serviço


A notícia da morte de dois militares do curso de Operações Especiais / Rangers que decorria no Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOE), em Lamego e a 14 de Março de 1974, pelo deflagramento de uma granada de mão, «apanhou» de surpresa (e com tristeza e amargura) os ex-instruendos e ex-cadetes do 2º. turno de 1973 agora no BCAV. 8423. Ao tempo, estava em gozo da Licença de Normas e a notícia só foi divulgada no dia 19.
Lago e 1º. cabo Hélio,
TRMS da 1ª. CCAV.
Um dos mortos era o aspirante a oficial miliciano Pinto, que fora instrutor de vários Cavaleiros do Norte: os alferes António Garcia (CCS), Mário Sousa (1ª. CCAV.), João Machado (2ª. CCAV) e Augusto Rodrigues (3ª. CCAV.) e ds furriéis milicianos José Monteiro, Viegas e Francisco Neto (CCS), Manuel Pinto (1ª. CCAV.), António Letras (2ª. CCAV.) e Armondo Reino (3ª. CCAV.)
Telmo Augusto Pinto de Mesquita era o seu nome, natural de Ribalonga (Carrazeda de Ansiães) e especializado neste tipo de instrução, fazia uma demonstração do funcionamento do sistema de segurança de uma armadilha montada com uma granada de mão quando se deu o rebentamento. A outra vítima mortal foi o cadete Victor Manuel Ramires Pereira, do Lavradio, no Barreiro. Houve ainda 14 feridos.
O acidente e a morte do aspirante Pinto Mesquita e do cadete Victor Pereira - para além dos 14 feridos no acidente de instrução - surpreendeu e impressionou os futuros Cavaleiros do Norte que tinham passado por Lamego. Afinal, nós mesmos, meio ano antes tínhamos passado por aquele tipo de instrução. E precisamente com aquele instrutor do CIOE.
Humberto Zambujo em
 1975, soldado rádio-
-telegrafista da CCS

Mais Cavaleiros em
Licença de Normas

A 19 de Março de 1974, um grupo de rádio-telegrafistas do Batalhão de Cavalaria 8423 entrou de Licença de Normas, os 10 dias de férias de mobilização.
A maioria dos mobilizados, recordemos, já estava em gozo dessa licença desde o dia 18 desse mês de há 43 anos.
Humberto Zambujo,
já civil e em 2015
Um dos agora licenciados, porém, não seguiu para Angola, por qualquer razão, não estando nas listas de embarque do Batalhão: Manuel A. R. Falho (ou Fialho).

CCS, a do
Quitexe

- Arménio Augusto Vinhais, 1º. cabo. Foi punido, já no Quitexe e em Julho de 1974, com 20 dias de prisão disciplinar agravada (pela CCS), depois agravada para 30 dias, pelo Comando do Sector do Uíge (CSU), de Carmona, devendo ter sido transferido para outro Batalhão.
- Humberto Mora Zambujo, soldado. Natural e então, como hoje, residente em Sines, onde é empresário na área da gestão de recursos humanos.
- João Orlando Machado da Silva, soldado. Natural e ao tempo residente na freguesia de S. João, na cidade e concelho de Lisboa.
Jorge Silva, 1º. cabo
TRMS de Zalala

1ª. CCAV. 8423, 
a de Zalala

- Hélio Rocha da Cunha, 1º. cabo. Natural do lugar e freguesia de Mamouros, concelho de Castro Daire.
- Jorge Manuel da Silva, 1º. cabo. Natural do lugar do Corgo, na freguesia de Carqueré, concelho de Resende.
- António Henriques Nunes Lago, soldado. Natural e então residente no Bairro da Pontinha, concelho de Loures.
- Fernando Jesus da Costa Coelho, soldado. Residente na Presa Velha, em Campanhã, cidade e concelho do Porto.

1º. cabo José Beato,
 TRMS de A. Viçosa 

- 2ª. CCAV. 8423, a
de Aldeia Viçosa

- Jorge da Silva Martins, 1º. cabo.  Natural e residente no lugar da Gândara dos Olivais, então freguesia de Marrazes, no concelho de Leiria. Agora, reside em Vieira de Leiria.
- 1º. cabo José Maria Pedrosa de Pinho Beato. Natural da freguesia da Cedofeita, no Porto, e agora morador em Valongo.
- Domingos Maciel de Faria, soldado. Natural do lugar e freguesia de Durrães, no concelho de Barcelos. Actualmente, está emigrado na Venezuela.
- João Carlos Santana Palongo, soldado. Natural e residente na freguesia de S. Sebastião, na cidade (Rua A. Rodrigues da Costa) e concelho de Setúbal.
José Novo, TRMS
de Santa Isabel

3ª. CCAV. 8423, a
de Santa Isabel

- Aníbal Amadeu Rocha dos Santos, 1º. cabo. Natural do Bairro da Musgueira, no Lumiar, na cidade e concelho de Lisboa.
- António João Malhado Rodrigues, 1º. cabo. Natural da freguesia de S. Pedro, na cidade e concelho de Elvas.
- Jerónimo Maria Rafael Soares, soldado. Natural e então residente na Passagem de Nível de Massamá, concelho de Sintra.
- José de Oliveira Novo, soldado. Natural do lugar de Vale do Riço, freguesia do Souto, concelho de Santa Maria da Feira. 

Sem comentários:

Enviar um comentário