quarta-feira, 5 de março de 2014

1 958 - Notícias do Pais, o Tomané de Viseu...

Pais, Viegas e Emanuel, no Bar do Rocha, no Quitexe (1974). 
O Pais, em 2009, no Encontro de Cavaleiros do Norte da CCS,  em Águeda


A 5 de Março de 1974, há 40 anos!!!, Marcelo Caetano falou na Assembleia Nacional, numa comunicação que era aguardada com muita expectativa e foi transmitida pela televisão e pela rádio. O que não era usual, mesmo em sendo em diferido. Falou no Parlamento às 16 e a transmissão foi às 22 horas.
«Nenhuma dúvida deve haver de que o mais grave problema que presentemente se põe à Nação portuguesa é o ultramar», disse o Presidente do Conselho de Ministros.
«Não transigiremos», era o título do Diário de Lisboa, que publicou o discurso em duas páginas inteiras. Título sobre a muito aplaudida intervenção política do Professor  Marcelo Caetano na Assembleia Nacional, onde, por exemplo, disse que «o problema do ultramar não é meu, é da Nação inteira».
Os Cavaleiros do Norte, esses e por esse dia, jornadeavam por Santa Margarida, formando batalhão para a Angola de destino. Há 40 anos!!! Iam chegando os especialistas: enfermeiros, condutores, mecânicos, os homens das transmissões e os criptos, os enfermeiros, os cozinheiros, os clarins, os radiomontadores. Entre estes, o Pais!
O Pais era (é) de Viseu e «desapareceu» da nossa órbita, desde 12 de Setembro de 2009 - quando foi o encontro de Águeda. Pois bem, achámo-lo. Achámo-lo e algumas coisas mudaram na vida dele. Reformou-se (há 3 anos), mudou de estado civil e de residência. Agora, descansa de uma vida de trabalho pelos ares de Atouguia da Baleia, ao lado de Peniche.
«É a vida, é o que tem de ser!...», disse-nos ele, respirando felicidade.
A duas filhas deram-lhe dois netos: ambos de quase 4 anos. Um, a fazer agora em Março, o outro, em Agosto. «Avisem-me, quando for o encontro. Quero lá estar, ó Viegas...»
Serás avisado, ó Pais.
- PAIS. António Lourenço Correia Pais, 1º. cabo 
radiomontador, da CCS do BCAV. 8423. Aposentado, é de Viseu 
e vive em Atouguia da Baleia (Peniche). 
- EMANUEL. Emanuel Miranda dos Santos, 1º. cabo escriturário. 
Natural da Gafanha da Encarnação (Ílhavo), está nos Estados Unidos.

1 comentário:

  1. Grande e forte abraço ao Pais, muitas felicidades.

    ResponderEliminar