quinta-feira, 14 de junho de 2018

4 156 - Carmona e o Uíge em tempo de «anestesiar» os medos dos dias de luto!

Cavaleiros do Norte da CCS do BCAV. 8423, a companhia do Quitexe, todos
 alferes milicianos: Jaime Ribeiro (sapador), Augusto Rodrigues (Operações
Especiais, os Rangers) e José Alberto Almeida (reabastecimentos), que
hoje festeja 71 anos em Albufeira. Parabéns!

Cavaleiros do Norte de Aldeia Viçosa, da 2ª. CCAV. 8423 e
e do capitão José Manuel Cruz, numa saída transportada
 para mais uma operação militar,  em data indeterminada
 da jornada angolana do Uíge

O dia 14 de Junho de 1974, há rigorosa-
mente 44 anos, foi o dia de o BCAV. 8423 «assumir a responsabilidade operacio-
nal da sua Zona de Acção» - a denomi-
nada ZA do seu Subsector. 
O livro «História da Unidade», refere que este dia é «a data a partir da qual se po-
derá afirmar que começou a sua verda-
deira actividade operacional».
A ZA abrangia área «onde estavam ins-
instalados vários quartéis «In», pelo
Imagem captada por um Cavaleiro do Norte da 2ª. CCAV.
 8423, a de Aldeia Viçosa, a de um ataque a madeireiros,
em data desconhecida. Lá foram os Cavaleiros do Norte
que «a actividade esteve sempre orien-tada sobre esses refúgios, dando-se, paralelamente, apoio a todos os fazen-
deiros e à cobertura económica das acti-
vidades do Subsector» - a campanha da apanha do café.

A letra C no código
do BCAV. 8423 !

O Subsector do BCAV. 8423 tinha atri-
buída a letra C como primeira para a de-signação das acções operacionais das suas subunidades, substituindo a que recebeu do BCAÇ. 4211. Passaram a designar-se pelos seguintes nomes de código:
- CCS do BCAV. 8423, a do Quitexe e do capitão António Oliveira: Casco.
- 1ª. CCAV. 8423, a da Fazenda Zalala e do capitão Davide Castro Dias: Crina.
- 2ª. CCAV. 8423, a de Aldeia Viçosa e do capitão José Manuel Cruz: Carga. 
- 3ª. CCAV. 8423, a de Santa Isabel e do capitão José Paulo Fernandes: Cavalo.
- CCAÇ. 209, a da Fazenda do Liberato e do capitão Paulo Almeida: Canivete.
- CCAÇ. 4145, a de Vista Alegre e do capitão Raúl Corte-Real.
- Destacamento da 2ª. CCAV. 8423 na Fazenda Luísa Maria: Cacto.
- Destacamento da CCAÇ. 4145, a de Ponte do Dange: Coice.
- Grupo Especial (GE) 208, em Vista Alegre: Cauda.
Cavaleiro do Norte da 2ª. CCAV. 8423 a
socorrer uma das vítimas do ataque aos
madeireiros (data desconhecida)
- Grupo Especial (GE) 217, no Quitexe: Coelho.
- Grupo Especial (GE) 222, em A. Viçosa: Cabra.
- Grupo Especial (GE) 223, no Quitexe: Cabrito.

Tensão em Luanda,
calma em Carmona! 

Um ano depois, a um sábado, dia 14 de Junho de 1975, os dirigentes do MPLA, da FNLA e da UNITA viajaram para Nairobi, capital do Qué-
nia, onde, a 16, iria decorrer a cimeira dos três movimentos de libertação de Angola.
A situação em Luanda «continua(va) tensa, depois de uma manifestação de eu-
ropeus frente ao Palácio do Governador, na sequência da morte de um comer-
ciante no Bairro da Cuca», alegadamente por elementos da FNLA, que se pre-
paravam para lh´assaltar a casa. A manifestação foi considerada reaccionária e anti-MPLA, registando um incidente com um soldado, que foi agredido e inju-
riado, depois de lhe roubarem a arma.
Em Carmona, continuavam atentos os Cavaleiros do Norte do BCAV. 8423, em situação de permanente prevenção no BC12 e, no exterior, de continuado con-
trolo das vias de comunicação, guarda de edifícios e serviços públicos - o hos-
pital e postos de saúde, abastecimento de água e electricidade, bancos, tribu-
nal, postos de rádio - e principalmente a segurança de pessoas e bens. 
O tempo desse tempo de há 43 anos era tempo de anestesiar os medos dos dias de terror, sangue e morte que enlutaram a cidade e província do Uíge na primeira semana de Junho desse ano de 1974.
O Cônsul José Alberto Almeida foi
condecorado pelo Rei de Marrocos,
a 30 de Janeiro de 2015

Alferes Almeida, 71
anos em Albufeira !

O alferes miliciano Almeida, Cavaleiro do Norte da CCS do BCAV. 8423, está hoje em festa, 14 de Junho de 2018: comemora 71 anos.
José Alberto Alegria Martins de Almeida foi ofi-
cial de reabastecimentos e justiça e chegou ao
Alf. Almeida
 pouco antes
do serviço
militar
Quitexe semanas depois da CCS (esta, a 6 de Junho de 1974), em ren-
dição individual. Substituía o também alferes miliciano Gaspar José F. do Carmo Reis, que nem sequer se apresentou no RC4, foi conside-
rado «incapaz para o serviço» e já nem seguiu para Angola.
Natural de Oliveira de Azeméis, está radicado em Albufeira, onde, li-
cenciado em economia e arquitectura, é empresário dos sectores do turismo e construção civil, professor e Cônsul de Marrocos no Algarve. O Rei Maomé VI condecorou-o a 30 de Janeiro de 2015. Ver AQUI
O alferes José Alberto Almeida - profissionalmente, o arquitecto José Alegria - participou no encontro de Santarém, da CCS (a 9 de Junho último), e para ele vai o nosso forte abraço de parabéns! Não é todos os dias que se festejam 71 anos, com tão boa saúde e melhor disposição!

Sem comentários:

Enviar um comentário